Uncategorized

Como ajudar um cão ansioso

ansioso

Seu cão tem medo das idas ao veterinário, ruídos altos como fogos de artifício e trovões, ou situações inesperadas, como novos visitantes? Diante de uma situação nova, incomum ou desconhecida, é perfeitamente normal que seu cão fique nervoso, ansioso ou com medo!
Mas se você conseguir identificar quando seu cão fica nervoso e entender a razão do medo, há algumas dicas para deixá-lo mais tranquilo.

Por que meu cão é ansioso?

Assim como os humanos, existem muitas razões pelas quais os cães podem sentir medo. Às vezes tudo o que é preciso é algo novo e desconhecido para fazê-los se sentirem desconfortáveis. A personalidade, estado de saúde e a idade do seu animal de estimação também podem interferir nesse comportamento.
Alguns motivos que deixam os cães ansiosos:
● Ruídos altos. Seu cachorro tem ouvidos sensíveis! Sons como fogos de artifício, música alta e até mesmo o trânsito podem ser assustadores para eles.
● Novas pessoas. Estranhos também podem ser assustadores! Não se assuste se o seu cão tiver um comportamento diferente diante de pessoas desconhecidas.
● Outros animais. Nem todos os cachorros são super-sociais! Seu animal de estimação precisa de tempo para se adaptar ao encontrar novos amigos.
● Mudanças em seu ambiente. Nossos animais de estimação gostam de ambientes familiares, reconfortantes e rotineiros para se sentirem seguros. Qualquer alteração no ambiente, desde um novo local até a decoração, até uma superfície desconhecida do piso, pode fazer com que o seu cão fique preocupado.
● Passeios de carro. Embora um passeio no carro possa parecer divertido, seu cão pode não entender o que está acontecendo e pode achas o movimento perturbador, principalmente nas primeiras vezes!
● Ansiedade por separação. Deixar seu cão sozinho pode fazê-lo se sentir ansioso, especialmente se não estiver acostumado a isso. O adestramento pode ajudar, no entanto há muitas maneiras de minimizar o desconforto do cãozinho ao deixá-lo sozinho.
● Idade. Às vezes, os cães idosos podem ter uma perda gradual de consciência, memória e percepção, conhecida como síndrome da disfunção cognitiva (SDC), o que pode torná-lo ansioso ou confuso.
● Experiências negativas. Embora alguns cães sejam naturalmente mais ansiosos do que outros, muitas vezes uma má experiência passada ou associada pode causar problemas comportamentais.

Para muitos cães, o adestramento quando filhote é uma das melhores maneiras de evitar qualquer distúrbio comportamental. Expor seu cão à diversas situações, pessoas e experiências é uma boa maneira dele ir aos poucos se sentindo seguro.

ansioso 1

Como eu posso ajudar um cão ansioso?

Não dê atenção!
Quando você sabe que seu cão está ansioso ou com medo, sua primeira reação provavelmente será fazer carinho ou confortá-lo. No entanto, isso pode reforçar comportamentos de medo e piorá-los no futuro.

A melhor coisa a fazer é remover qualquer gatilho ambiental, sempre que possível, e esperar que seu animal de estimação se acalme. Não faça barulho ou recompense seu animal de estimação com atenção ou mimos enquanto eles estiverem com medo, pois isso os fará pensar que é normal ter medo.
Aprenda a identificar quando seu cão está ansioso
A melhor maneira de ajudar o seu cão é tentar entendê-lo! Aprenda a identificar quando ele se sente ansioso e o que desencadeia o medo. Dessa forma, você pode ajudá-lo a evitar situações perturbadoras ou adestrá-lo para que ele fique tranquilo diante de coisas desconhecidas ou assustadoras.
Procure ajuda profissional
Alguns animais de estimação muito ansiosos podem precisar de ajuda adicional e apoio para que fiquem mais tranquilos. Falar com seu veterinário lhe permitirá descartar qualquer problema relacionado à saúde. Se o seu cão é saudável, a ajuda de um especialista em comportamento pode ajudar a aliviar as ansiedades do seu animal de estimação, dessensibilizá-lo e desenvolver estratégias preventivas que irão confortar o seu cão.

Adaptil Difusor
Criar um ambiente confortável irá garantir que o seu cão se sinta seguro e calmo. ADAPTIL Difusor proporciona um bem-estar extra ao seu cão e os ajuda a manter a calma em situações desafiadoras, como quando estão sozinhos em casa, ou quando você recebe visitas.

Uncategorized

Quanto tempo você pode deixar um cachorro sozinho?

Sozinho em casa vila do pet

Pode ser bem difícil estar sempre em casa com o seu cão, especialmente se você trabalha, estuda e tem muitos compromissos externos. Felizmente, se você precisar deixá-lo sozinho por algumas horas, há alguns passos simples que você pode seguir para ajudar seu cão a se sentir mais à vontade.

Como ajudar seu cão a se sentir confortável quando estiver sozinho em casa

1. Deixe-o sozinho gradualmente
Se o seu cãozinho não estiver acostumado a ficar sozinho, não é uma boa ideia sair o dia todo e deixá-lo. Em vez disso, você deve gradualmente aumentar o tempo que você o deixa. Este processo de treinamento deve começar quando eles são filhotes, se possível, então eles aprendem que ficar sozinho não é algo para se ter medo, e assim evitar o desenvolvimento da ansiedade relacionada à separação. Tenha em mente que os filhotes não estão acostumados a ficar sozinhos, portanto, ele pode uivar e chorar, até se acostumar com a situação.

2. Deixe petiscos e brinquedos educativos para seu cão 
Antes de sair, deixe brinquedos educativos, petiscos e guloseimas para o seu cão se entreter. Certifique-se de não deixá-lo com algo que possa ser perigoso. Você pode colocar sua ração normal em um dispenser de comida para mantê-lo ocupado e ativo. Criar distrações para o seu animal de estimação irá ajudá-lo a se sentir confortável sozinho. Eles podem aproveitar os prazeres, relaxar e dormir e, quando você voltar, eles descobrirão que isso não é grande coisa e que não há motivo para preocupação.

how long can you leave a dog alone_2

3. Mantenha a calma quando chegar em casa
Não faça muita festa no seu retorno. Em vez disso, tente ignorar um pouco seu cão e se engaje em outra ação como beber água, ir ao banheiro, trocar de roupa. Em seguida você pode interagir com uma saudação calma e gentil. Para o momento de diversão com ele, não associe essa atividade logo depois que você chega em casa, senão ele ficará ansioso aguardando seu retorno para poder brincar com você. Após chegar, dê um tempo para ele se acalmar, cumprimente-o e depois faça as atividades com ele.
4. Tente deixá-lo menos tempo sozinho
Existem maneiras de ajudar ou limitar o tempo do seu cão sozinho em casa; Você pode considerar alguma “creche” especializada, um dog walker ou pet sitter, e trabalhar em casa quando possível. Basta ter alguém familiar para fazer uma caminhada ou uma simples brincadeira.

how long can you leave a dog alone_3

5. Considere usar o ADAPTIL Difusor

Adaptil é uma solução simples, porém clinicamente comprovada, que pode ajudar a acalmar e relaxar seu cão nesses momentos sozinhos em casa, proporcionando conforto constante. Conecte o Difusor no cômodo onde seu cão passa a maior parte do tempo para ajudar a tranquiliza-lo durante seu tempo sozinho.

Os cães são os companheiros perfeitos – é por isso que os chamamos de nossos melhores amigos! Então, tente ser um bom amigo para eles e não os deixe sozinhos por muito tempo.

Uncategorized

Férias com seu melhor amigo

adaptil_happy2_fb

Ah verão! A temporada em que os dias são mais longos e quentes, época propícia para praia, piscina, muito sorvete e claro, as férias da família. Todos estão muitos empolgados para aquela viagem planejada, inclusive o seu melhor amigo. Mas, como aproveitar esses dias com o seu cachorro da melhor maneira possível?

Do transporte à acomodação, reunimos maneiras de apreciar suas férias junto do seu melhor amigo.

Viaje com segurança

How to holiday with your pooch - August editorial 05

Não importa o quão seja engraçado quando os cães colocam a cabeça para fora da janela do carro, a língua para fora e as orelhas ao vento, seu cão precisa ser transportado com segurança. Caixa de transporte ou cintos de segurança específicos são a solução perfeita para garantir que o seu cão não tente saltar pela janela. Não se esqueça do Adaptil Spray, que proporciona conforto extra durante as viagens depois de apenas algumas borrifadas. As paradas também devem ser constantes, de 2 em 2 horas para que ele possa fazer as necessidades, sem causar qualquer “acidente” durante o trajeto.

Nunca deixe o cão sozinho dentro do carro. A temperatura elevada pode causar transtorno e problemas de hipertermia (calor excessivo).

Pense fora da caixa

How to holiday with your pooch - August editorial 03

Garantir as melhores férias com o seu melhor amigo não precisa necessariamente ter que ir longe, e sim ficar perto! Passar um tempo de qualidade juntos pode incluir
viagens para praia, parques, cidades próximas e até mesmo longas caminhadas… basicamente qualquer lugar que você possa aproveitar o tempo com o seu melhor amigo e quem sabe até “bater uma bola” com ele.

Encontre o lugar perfeito

How to holiday with your pooch - August editorial 02

Quando se trata de acomodações pet friendly, propriedades particulares normalmente  tem uma aceitabilidade melhor. Em sites de buscas, selecione o filtro “aceita animais” para que não tenha nenhuma surpresa no final. Muitos hotéis possuem canis e locais para que os animais de estimação fiquem, sem criar maiores problemas com sua hospedagem.

Independente do local escolhido, não esqueça de levar o alimento usual do seu cão.

Brincadeiras sem limites

How to holiday with your pooch - August editorial 04

Caso você precise deixar o seu cão no hotel ou em sua hospedagem, nas atividades em que ele não é envolvido, deixe a disposição seus brinquedos favoritos, dispenses de petiscos e bastante entretenimento. Utilize também um Adaptil Difusor. Plugue na tomada assim que chegar em sua acomodação, para garantir um melhor conforto para ele.

Colecione memórias

How to holiday with your pooch - August editorial 06

A parte mais importante é aproveitar juntos essa aventura e construir memórias para uma vida toda. O que poderia ser melhor do que passar um verão com seu melhor amigo?! Você sabe que não seria o mesmo sem eles!

Com certeza seu cão ficará muito mais feliz perto de você e em troca você terá muitos lambeijos, além da melhor companhia.

Uncategorized

O que posso fazer para deixar meu cachorro mais tranquilo e confortável com fogos de artifício

What Can I Give My Dog For Fireworks Anxiety_1

Você já teve que acalmar seu cachorro depois de um evento com fogos de artifício? Embora os fogos possam ser divertidos e emocionantes para os humanos, para nossos amigos de quatro patas nem tanto!

Surpreendentes e inesperados, fogos de artifício podem ser inquietantes para o seu cão pois a audição extra-sensível amplifica o som. E enquanto alguns cães são capazes de lidar com esses eventos com muita confiança, outros podem achar bem mais desconcertantes!

Então, o que você pode fazer ao seu cão para deixá-lo mais confortável e garantir que a noite de fogos de artifício seja agradável para toda a família? Confira algumas maneiras:

Dê ao seu cachorro um local para se esconder

Os cães gostam de se sentir seguros, portanto, dar a eles uma área onde possam ter algum espaço ou se esconder ajudará a manter a calma.

Como você pode criar o local perfeito para ele? Uma boa maneira de começar é escolher um lugar onde eles já gostam de passar a maior parte do seu tempo. Deixe nesse local seus brinquedos favoritos e ofereça petiscos para mantê-los ocupados. Forneça também seu cobertor ou manta preferida para se “enterrar” pois também ajudará a diminuir qualquer ruído e ajudará seu cão a se sentir seguro.

Faça com que o som dos fogos de artifício sejam menos assustadores para ele

What Can I Give My Dog For Fireworks Anxiety_2
Às vezes tudo que você precisa fornecer ao seu cão, é um ambiente descontraído!

Se houver fogos de artifício, é melhor não forçar o seu cão a se aproximar da fonte do medo! Em vez disso, tente mascarar o som o máximo possível. Fechar todas as cortinas, janelas e portas pode reduzir o ruído. Colocar uma música mais calma no rádio ou deixar a televisão ligada, também pode distraí-lo.

Utilize um Adaptil Difusor  no cômodo onde seu cão passa a maior parte do tempo pois proporciona um conforto e bem-estar extras.

Treine e dessensibilize o seu cão

Com o treinamento, seu cão pode se acostumar a ficar calmo com ruídos inesperados. Embora o melhor resultado seja com cães filhotes, também é possível com cães adultos. Apresentar o seu cão alguns sons durante períodos calmos e tranquilos (não durante os fogos de artifício) pode ajudá-los a se habituar à ruídos diferentes.

Lembre-se sempre recompense seu cão quando ele mostrar uma reação positiva. Com o tempo, seu animal de estimação vai aprender que não há razão para ficar nervoso! Usar um Adaptil Difusor também reforça essa confiança e ajuda seu cão a ficar confortável em situações desafiadoras.

Dê a ele seu amor, seu apoio e sua amizade

What Can I Give My Dog For Fireworks Anxiety_3

Os fogos de artifício não são os melhores amigos de um cão, mas o uso dessas técnicas pode ajudar a relaxar durante a temporada. Se o seu cão mostra sinais graves de sensibilidade aos fogos, consulte um médico veterinário ou especialista em comportamento animal para orientações e conselhos.

Seu cão te ama, portanto, ficar com eles e deixá-los mais tranquilos também os ajudará a manter a calma. Nunca castigue ele, mas os mantenha entretidos e demonstre o quanto eles significam para você!

Uncategorized

3 razões pelas quais os cães tem medo de fogos

3 Reasons Why Dogs Are Scared of Fireworks_2

Inesperados, barulhentos e assustadores, fogos de artifício deixam muitos cães com medo e ansiosos! Mas se podemos identificar e entender o motivo que nossos cães ficam com tanto medo, podemos ajudar a deixá-los mais calmos e tranquilos.

Por que os cães tem medo de fogos?

Você gosta de fogos de artifício? Coloridos, emocionantes e divertidos, para os seres humanos, fogos de artifício são um sinal de celebração! Mas para o seu cachorro, fogos de artifício podem ser muito desafiadores e assustadores!
Há muitas razões pelas quais os fogos de artifício são tão assustadores para os cães. Por exemplo, porque eles têm uma audição tão sensível, mesmo quando dentro de casa, os sons parecerão bem mais alto para eles e mais confusos do que para você.
Infelizmente, nossos cães não podem falar conosco para nos dizer como estão se sentindo. Mas entender porque seu cão reage da maneira como o faz é o primeiro passo para tranquiliza-lo e acalmá-lo.

1- Fogos de artifício são uma surpresa inesperada

Quantas vezes um barulho alto de fogos de artifício fez você se assustar? Mesmo para os humanos, o barulho dos fogos pode ser repentino e inesperado – mesmo quando você sabe que irá acontecer!
Mas, para o seu cão, que não sabe o que está acontecendo, a surpresa pode ser muito maior. Fogos de artifício podem parecer “sair do nada” e cada estrondo será um choque, fazendo com que o seu cão se sinta fora de controle, fora da rotina e ameaçado.
Para a maioria dos cães, seu instinto será correr, se esconder e evitar o que parece ser perigoso. Então, se o seu cão sempre parece desaparecer atrás dos móveis quando confrontado com ruídos altos, eles podem estar com medo!
Uma vez que o barulho tenha parado e seu cão sinta que o perigo acabou, eles devem retornar ao seu comportamento normal/habitual.

2- Fogos de artifício são assustadores

3 Reasons Why Dogs Are Scared of Fireworks_1

Se o seu cão, particularmente, é sensível ao barulho ou tem medo de ruídos altos, sua reação aos fogos de artifício pode ser ainda mais extrema. Às vezes, para os cães mais sensíveis, o ruído pode desencadear uma resposta comportamental e psicológica muito maior.
Isso pode parecer semelhante a uma crise de ansiedade, então fique atento aos seguintes sinais:
● Ele fica agitado, ofegante, sacudindo ou tremendo;
● Se agarrando em você ou permanecendo por perto para se confortar;
● Muitos choros ou latidos;
● Orelhas para trás, encolhidas e escondidas;
● Tenta fugir ou escapar;
● Faz as necessidades fora do local correto;
● Perda de apetite e se recusa de comer.
Embora ninguém goste de ver seu cão se sentindo dessa forma, é importante reconhecer quando ele está passando por um momento difícil, então você pode ajudar!

3- Ruídos de fogos de artifício podem desencadear uma fobia

Se o seu cão é sensível a fogos de artifício e tem muito medo de ruídos altos, com o tempo, eles podem associar outros eventos e ocorrências ao medo.
Por exemplo, se o seu cão teve uma experiência ruim com ruídos altos, isso pode se transformar em uma fobia mais forte relacionada à qualquer barulho (Trovões, eletrodomésticos, etc). Por isso, é importante entender como acalmar seu cão e limitar sua resposta ao medo desde cedo para evitar que os ruídos se transformem em fobia.
Idealmente, a prevenção deve começar quando o seu cão for um filhote, durante o treinamento de sociabilização, para garantir que ele consiga lidar com ruídos altos ou inesperados quando estiverem mais velhos.

Ajudando o seu cachorro

Capturar

Infelizmente para os cães sensíveis, fogos de artifício não são nada legais e esses eventos são muito estressantes. Mas existem maneiras de confortar seu cão para evitar que os fogos de artifício sejam ainda mais aterrorizantes!
Por exemplo, criar um espaço confortável para cães e distrair seu cão com brinquedos e petiscos são boas maneiras de ajudar a diminuir a ansiedade. Manter portas e janelas fechadas para deixar os sons menos barulhentos.
Essas dicas podem ajudar a deixar o seu cão mais tranquilo. No entanto, você também pode usar um ADAPTIL® Difusor no ambiente, pelo menos 1 mês antes. Isso ajudará a acalmar e confortar seu cão, criando uma sensação de ambiente seguro e protegido.

 

Lembre-se, em casos mais extremos ou se as dicas não funcionarem com o seu cão muito sensível, recomendamos sempre que consulte um Médico Veterinário especialista em comportamento animal para obter mais ajuda e conselhos.

Uncategorized

Dicas para manter seu cão confortável durante o verão

Capturar

Com o verão, vem também as férias escolares, grama verde, céu azul e clima quente.
 
No entanto, à medida que a temperatura aumenta, em algumas situações o calor fica desagradável. Se isso é ruim para nós, imagine como deve ser para nossos cães!
 
Confira algumas dicas que ajudarão o seu cão a ficar mais confortável durante essa época do ano:
Água, água e mais água
Keep your canine cool during summer - August editorial 04

Durante os meses de verão, é importante manter seu cão sempre hidratado.
Eles são facilmente afetados pelo calor – os sinais de superaquecimento incluem respiração ofegante, salivação excessiva – e é muito importante trocar a água e mantê-la sempre fresca.
Adicione cubos de gelo para que a água fique mais gelada! Isso incentivará seu cão a beber mais.

Petiscos gelados

Keep your canine cool during summer - August editorial 07

Procurando maneiras de refrescar o seu cão e se divertir ao mesmo tempo? Você pode usar gelos durante as brincadeiras –

1. Coloque nas formas de gelo frutas picadas (Não se esqueça de conversar com seu médico veterinário sobre qual fruta é liberada para o consumo do cão ok?).
2. Complete com água e coloque para congelar.
Você também pode usar outros modelos de formas e até mesmo o petisco preferido dele. Use e abuse da criatividade.

Deixe-o em ambientes mais frescos

Keep your canine cool during summer - August editorial 03

Quando o calor dá as boas vindas, festas, churrascos e eventos ao ar livre também surgem com uma frequência maior.
Mas o que você deve fazer com o seu cão quando toda atividade envolve passar o dia todo no sol? Deixe-os em casa.
Eles podem ficar um pouco descontentes no começo, mas se você estiver indo para um local onde não há cobertura e ter sol sobre eles o dia todo, você está fazendo a coisa certa!
Eles acharão muito mais legal e confortável ficar em casa – especialmente se o Difusor do Adaptil estiver conectado.

Brincadeiras de “humanos”

Keep your canine cool during summer - August editorial 02

Você sabia que alguns truques que nós humanos usamos para nos refrescar também são benéficos para os cães?
Deixar que ele experimente a sensação de “nadar” em uma piscina e brincar com uma mangueira de água, além de refrescá-los também, irá proporcionar muita diversão para ele e toda família.
Como alternativa, você pode colocar uma toalha molhada na grama para que ele se deite quando se sentir incomodado.

Muita sombra

Keep your canine cool during summer - August editorial 06

Nessa época do ano é muito mais frequente passear ou brincar com seu cão em locais abertos – parques, por exemplo e nessas situações de clima quente e úmido, a sombra sempre será a melhor amiga dele.
Caso faça uma caminhada longa, certifique-se de que o asfalto não está quente e dê preferência para a primeira hora do dia ou no início da noite.

Sempre incentive o seu cão a descansar em uma sombra.

Regras para pegar estrada

Keep your canine cool during summer - August editorial 05

NUNCA deixe seu cão no carro por longos períodos em dias quentes.
Carros estacionados sob os raios do sol vão aquecer muito rapidamente, e o que parece ser um minuto para você vai parecer uma vida inteira para eles.
SOMENTE levá-los em viagens de carro com você se for uma viagem curta e você puder fazer paradas com ele. Ao dirigir, mantenha um janela aberta ou o ar condicionado ligado.

 

 

Uncategorized

Por que os ruídos de fogos de artifício são tão assustadores para os cães?

Why Are Firework Noises So Much Worse For Dogs_3

Seu cachorro é um animal incrível! Com audição super-sensível, instintos de proteção e forte lealdade, seu cão é um protetor, cuidador e, claro, um melhor amigo!
Mas, embora os sentidos surpreendentes do seu cão os ajudem a ser um super companheiro, eles também podem tornar seu animal de estimação muito mais sensível a ruídos altos, como fogos de artifício.
Então, o que causa tanto medo dos fogos de artifício? O que eles estão experimentando e sentindo? Por que eles reagem da maneira como agem e, o mais importante, como podemos ajudá-los a se sentirem mais tranquilos?
Aqui estão algumas razões pelas quais os ruídos de fogos de artifício são tão assustadores para os cães:

Fogos de artifício são muito altos!

Pode parecer óbvio, mas fogos de artifício são muito altos! A audição super sensível do seu cão pode fazer com que os ruídos pareçam muito piores e muito mais assustadores!
Com sua audição, seu cão também será capaz de ouvir ruídos muito mais longe do que você pode – o que você pode ouvir a 6 metros, seu cão pode ouvir de 24 metros de distância! Cães realmente são incríveis!
Mas, seja trovão ou fogos de artifício; Ruídos altos e inesperados podem desencadear uma reação ansiosa, mesmo que isso não soe tão alto para você.

Seu cão está reagindo a uma ameaça percebida

Why Are Firework Noises So Much Worse For Dogs_2

Seu cão já tentou correr e se esconder quando confrontado com algo alto? Se sim, isso é uma resposta normal de sobrevivência. Para eles, o barulho é uma ameaça real!
Como humanos, nós sabemos porque estão soltando fogos de artifício, o que são e, frequentemente, quando eles ocorrerão. Mas para os cães, fogos de artifício parecem aleatórios, surpreendentes e ameaçadores. Então não podemos culpá-los por reagirem como se estivessem em perigo; procurando abrigo e esconderijo.

Seu cachorro se sente preso
Quando um cão se sente ameaçado por barulhos altos, ele pode ter uma reação de “fuga” e querer fugir e escapar! Mas quando eles estão dentro de casa, ou algum lugar fechado, pode não haver lugar para onde ir. Isso pode fazer seu cão se sentir vulnerável, preso e ainda mais assustado – eles só querem ficar longe do que o perturba!
Se o seu cão não gosta de barulho, tente deixá-lo longe da situação de antemão se souber que fogos de artifício irão acontecer.
Se isso não for uma opção, tentar “mascarar” o barulho dos fogos de artifício (deixar uma tv ligada, fechar as cortinas) e distraí-los  são medidas para tornar sua casa mais confortável possível e  ajudará a acalmar e relaxar seu cão.

Ajude o seu cachorro

Why Are Firework Noises So Much Worse For Dogs_1

Se seu cão é afetado por fogos de artifício ou tem medo de ruídos altos, felizmente há muitas maneiras de ajudá-lo.
Oferecer ao seu cão um local seguro, proporcionando uma cama ou casinha confortável,  e distraí-los com brinquedos e comida pode ser uma ótima maneira de mantê-los calmos. Seu amigo peludo também se sentirá tranqüilo se você conversar com eles, acariciá-los e brincar com eles para se distrair de qualquer barulho assustador!
Usar o ADAPTIL Difusor, plugado próximo ao “espaço seguro” do seu cão também pode aumentar o conforto e a segurança. O difusor envia “mensagens reconfortantes” que ajudam a tranquilizar e relaxar o seu cão, e tornam os fogos de artifício uma experiência muito mais gerenciável!
É claro que, se o seu cão ainda apresentar sinais graves de medo, apesar dessas dicas, consulte seu veterinário para obter ajuda adicional.

Uncategorized

O que os cães precisam? Necessidades essenciais para uma vida saudável

Happy (2)

Você ficará feliz em saber que as melhores coisas na vida de um cão são praticamente gratuitas, com exceção de brinquedos e a coleira e guia para um belo passeio, e claro, uma boa comida! Então siga essas dicas para ter a melhor versão possível do seu amigo.

 

Água/Comida

shutterstock_1052525132

Quer seja ração úmica, seca ou alimentação natural, a refeição terá de ser escolhida cuidadosamente para corresponder as necessidades nutricionais do seu cachorro, por isso procure sempre orientação de um Médico Veterinário. Outro aspecto que deve ser considerado é o peso e estado de saúde do seu cão. A nutrição é vital para que os principais minerais e vitaminas estejam de acordo com a necessidade do cão, prolongando assim o seu tempo e sua qualidade de vida.

 

Guias / coleiras e peitorais para passeios

shutterstock_164733143.jpg

Uma coleira ideal lhe dará controle total durante caminhadas e passeios. Lembre-se de não deixar a coleira apertada demais, ninguém gosta disso. Além disso, utilize uma coleira de identificação e um microchip. A responsabilidade de seu cão é sua, então todo cuidado com ele 😉

 

Brinquedos

shutterstock_1023265216 (1)

Brincadeiras mantém um cão mentalmente estimulado e aguça seus instintos naturais. Coisas que eles podem mastigar e/ou aquelas que eles podem buscar são umas das favoritas deles. E claro, você! Para eles a melhor brincadeira sempre envolverá você, então aproveite o tempo que tem com eles para se divertirem juntos.

 

Higiene

shutterstock_236108794

Algumas raças precisam alguns cuidados especiais, por exemplo as raças de pelo longo. É necessário escovação e um cuidado extra com os pelos, que requerem um pouco mais de cuidado. Independente do tipo de pelo, todos eles precisam de banho e cuidado com os parasitas que podem transmitir doenças.

Recomendamos que sempre procure um profissional habilitado pois ele saberá como manusear, evitando qualquer transtorno para o cão e o tutor.

 

Treino regular

shutterstock_281482349 (1)

Adestrar e ensinar os cães, sejam eles filhotes ou não, os manterão estimulados.  A disciplina deve ser reforçada com respeito e bons comportamentos recompensados (não use punição, isso só reforça o estado de medo).

Os benefícios de um cão adestrado são diversos e com certeza trará inúmeros benefícios.

 

Sociabilização com outros cães e humanos

shutterstock_204814144

Se o seu cão não se dá bem com outras pessoas dentro de casa ou em passeios, então não force nenhum encontro. Geralmente, os cães são sociais por natureza mas caso o seu tenha alguma dificuldade para sociabilizar, é preciso tempo e treino. Dê a ele o espaço e a distância que precisam para se sentirem à vontade e não force nenhuma situação.

 

Cama e cobertor =)

shutterstock_222755026

Os cães devem se sentir confortáveis ​​e seguros em sua casa. Dê-lhes caminhas, cobertores e brinquedos e longe de barulhos e surpresas. Lembre-se, a sua caminha é o seu principal refúgio.

 

Adaptil

Para proporcionar conforto e bem estar em situações adversas, use o ADAPTIL Difusor.

 

Rotina diária

shutterstock_1145606456 (1)

Alguns cães não gostam de caminhadas longas (especialmente as raças de pernas curtas) mas outras raças como pastores, beagles, huskies, retrievers e terriers gostam de ser ativos, então crie uma rotine que atenda às suas necessidades.

 

Seu amor / Tempo com você

shutterstock_1006094755 (1)

Este último resume tudo. Além de um bom passeio no parque, um enorme osso suculento e você, tudo isso é a razão de viver deles. Então compartilhe sua vida com eles, mantenha-os ativos e envolvidos em brincar e aprender. Você também se beneficiará.

Uncategorized

Meu gato idoso está confuso

confused_fb

Assim como ocorre com as pessoas, os gatos mais velhos também apresentam muitos problemas de saúde, como artrite, perda de audição e/ou visão, doença cardíaca ou renal e envelhecimento do cérebro (semelhante ao Mal de Alzheimer).

Os gatos com envelhecimento do cérebro podem ficar desorientados, o que altera a forma como se relacionam com você e com outros animais de estimação na casa. Exemplos disso podem ser: ficar sempre escondido, fazer as necessidades fisiológicas fora da caixa higiênica, diminuir o apetite e se autolimpar pouco.

Alguns desses exemplos podem estar ligados a problemas de saúde e isso precisa ser verificado em consulta com o médico veterinário primeiro. 

Como o Envelhecimento Afeta o Meu Gato?

As atividades do dia a dia podem se tornar mais difíceis para os gatos mais velhos, especialmente se tiverem problemas de visão ou audição.

Os gatos gostam de rotina e isso se torna ainda mais importante à medida que o tempo passa (e mais perceptível com o envelhecimento do cérebro). Mudanças em geral causam muito mais desconforto do que antes.

Abaixo seguem algumas dicas e métodos para ajudar seu gato idoso:

1- Rotina

How+to+help+your+cat+age+gracefully+editorial+04

Manter as coisas organizadas dá uma sensação de conforto e para o seu gato idoso não é diferente.
Como você já o conhece, seu gato gosta de ter uma rotina (nem sempre produtiva) diária. Manter essa rotina se torna ainda mais importante à medida que eles envelhecem.
O cérebro do seu gato não é o mesmo, como resultado, eles podem facilmente se tornar
confuso pela mudança. Manter uma rotina estruturada os ajudará a prever facilmente o dia seguinte, o que os deixará se sentindo relaxados e felizes.

2- Mudanças

How+to+help+your+cat+age+gracefully+editorial+01

Ninguém gosta de mudar.
Algumas mudanças, no entanto, são inevitáveis – para a tristesa do seu felino.
Alterações na casa, novos membros da família, visitas ao veterinário – todas as coisas que podem interferir na rotina familiar e segura do seu gato idoso e deixá-lo infeliz.
Certifique-se de que quaisquer alterações – grandes ou pequenas – sejam feitas de forma lenta e correta. É como colocar um peixe em um novo aquário, você deve colocá-los lentamente, deixando-os a se acostumar com a nova temperatura.
Com o seu gato é da mesma forma, mas ao invés da temperatura, com eles é sobre novos ambientes, sons e as pessoas que eles possivelmente possam encontrar.

3- Feliway Classic Difusor

5+tips+for+welcoming+a+new+cat+into+the+family+july+editorial+01

Como seres humanos, temos coisas que nos trazem paz de espírito. Talvez seja tomar um café em sua caneca favorita ou até mesmo aquela blusa de frio antiga mas que você se sente muito mais confortável e aconchegante.

Gatos também adoram aconchego.
FELIWAY pode ajudá-lo a criar um ambiente confortável para o seu amigo idoso.
O que você precisa fazer? Plugue um difusor de FELIWAY CLASSIC no cômodo que ele passa a maior parte do seu tempo para reforçar a sensação de confiança e fazê-los sentir mais seguros em casa

4- Área de convívio

How+to+help+your+cat+age+gracefully+editorial+02

Conforme as pessoas envelhecem, elas tem a mobilidade reduzida e acabam recorrendo a lugares menores e mais tranquilos para morar. Os gatos também tem essa mobilidade reduzida.
Seu gato pode se sentir muito mais confortável com a sua área de convívio menor, ou seja, um quarto de sua casa.
Este refúgio acolhedor deve conter tudo o que eles precisam: comida, água, uma caixa de areia, arranhador e lugares para descansar e se esconder. Apenas lembre-se de manter a caixa de areia e comida o mais distante possível. Seu gato será grato por esta pequena atenção aos detalhes.

5- Fácil acesso

How+to+help+your+cat+age+gracefully+editorial+05

Seu gato idoso tem as mesmas necessidades diárias, mas ele pode achar mais difícil chegar aos seus recursos.
Você deve ter certeza de que eles têm acesso fácil a tudo – comida, água, caixa de areia, etc. Retire os obstáculos para acesso, até mesmo para o local que ele mais gosta de cochilar.

Lembre-se de também se certificar de que as “bordas” da caixa de areia não sejam muito altas, pois eles podem ter dificuldade para entrar, devido à artrite ou a qualquer outra condição dolorosa.

6- Corpo ativo, mente sadia

How+to+help+your+cat+age+gracefully+editorial+03

Mesmo na velhice as pessoas gostam de se divertir. Com seu gatinho não é diferente.
Os especialistas recomendam sessões de brincadeiras diárias com o seu gato idoso para manter o cérebro e o corpo ativo.
Certifique-se de manter a atividade simples e segura, ou seja, nada muito difícil – seu felino não é mais um filhote.

 

Uncategorized

Meu cachorro não quer ficar em casa sozinho. O que eu posso fazer?

Expert+Q&A+Help!+my+dog+doesn't+want+to+stay+home+alone+july+editorial+01

Todo mundo adora ficar um tempo sozinho, mas somos sociais e não gostamos ficar por conta própria por muito tempo. E você deve ter notado que isso também acontece com seu amigo de 4 patas. Você pode notar que eles não ficam felizes quando você sai de casa e, ao contrário também, ficam muito agitados e felizes quando você retorna.

Reunimos algumas dicas para você identificar se o seu fica desconfortável quando está sozinho e como ajudá-lo a lidar com a situação quando você sair de casa.

1- Não me deixe sozinho

Expert+Q&A+Help!+my+dog+doesn't+want+to+stay+home+alone+july+editorial+03

Pela sua natureza, o cão é um animal social, adora sua família e adivinhe: Sua família é a FAMÍLIA dele também! Mas você já sabe disso e é por isso que eles vêm correndo até você com tanto entusiasmo e fica muito feliz sempre que você está por perto. Quando filhotes, eles aprendem coisas muito rapidamente e se eles tiveram uma experiência desagradável em estar e ficar sozinhos, isso vai continuar em sua vida adulta. Semelhante às pessoas, muitas vezes nossos medos vêm de algo que aconteceu quando éramos muito jovens e não entendíamos muito bem a situação. Então, se seu cão foi deixado sozinho quando era filhote e não tinha acesso a um lugar confortável, eles vão ficar preocupados que isso possa acontecer novamente.
Há também a preocupação de que eles não saberão quando terão a próxima refeição, por  isso você pode encontrar os petiscos escondidos em lugares estranhos em sua casa.

2- Linguagem corporal 

Expert+Q&A+Help!+my+dog+doesn't+want+to+stay+home+alone+july+editorial+05.jpg

Assim como o bebê chora por sua mãe, seu cão também tentará chamar sua atenção. Latidos, choros e uivos são alguns indicadores de que o seu cão não gosta que você o deixe sozinho. Da mesma forma, ele acaba tendo reações e comportamentos desagradáveis, como arranhar as portas e e tentar escapar (isso não é por diversão), então fique atento com esses sinais. Todos nós sabemos o que fazer para ganhar o coração um do outro e com o seu cão não é diferente; agindo dessa forma, parecendo”chateado”, escondendo e “dando de ombros” é uma das reações dele para tentar impedir que você saia!

3. Como posso ajudar meu cachorro a ficar sozinho em casa?

Expert+Q&A+Help!+my+dog+doesn't+want+to+stay+home+alone+july+editorial+02

Não há melhor sensação do que estar em um lugar seguro quando a vida fica um pouco “chata”. Este lugar pode ser sua casa, um parque, a casa do seu melhor amigo ou simplesmente o seu quarto, sua cama e seu edredom. Todos nós precisamos de um momento para se sentir protegido de vez em quando.

Como você provavelmente já adivinhou, nossos companheiros de quatro patas também têm as mesmas necessidades; seu lugar de conforto pode ser a casinha, uma sala em sua casa ou somente a sua cama. Agora, imagine esse local “super protegido” mais confortável? Adaptil é uma das ferramentas para proporcionar esse conforto e bem-estar a mais no ambiente do seu cachorro, ajudando-o a se sentir mais confiante e seguro quando está sozinho em casa.

4. Dicas para ajudar meu cachorro a se sentir confortável

Expert+Q&A+Help!+my+dog+doesn't+want+to+stay+home+alone+july+editorial+04

  • Forneça a ele um lugar seguro para estar quando você não estiver em casa. Por exemplo, uma caminha ou uma casinha (apenas se o seu cão não ficar aborrecido ou agressivo (destrutivo) quando confinado);
  • O ideal será plugar Adaptil Difusor em uma tomada, o mais baixo possível, no local onde o seu cão passará a maior parte do tempo sozinho (a menos que o seu cão seja agressivo (destrutivo) – em vez disso, ligue o difusor fora do alcance dele). Adaptil deve estar constantemente ligado, por pelo menos um mês;
  • Recompense o seu cão por demonstrar bom comportamento;
  • Assegure-se que ele teve exercício suficiente antes de ser deixado sozinho em casa;
  • Deixe com ele brinquedos interativos para mantê-lo ocupado quando sair;
  • Fique tranquilo nas suas saídas e retornos, basta dizer “tchau” e ir embora e um olá suave quando retornar;
  • Se o seu cão é destrutivo/agressivo ou faz suas necessidades fora do local correto, enquanto você está ausente, nunca deverá puni-lo. Isso só irá aumentar a sua angústia;
  • Se estes passos não forem eficazes, fale com seu médico veterinário ou profissional habilitado para obter ajuda e aconselhamento adicional.